,

Milhas vs Cachback: qual é melhor?

Com as diversas opções de cartões disponíveis no mercado, fica o questionamento, o que é melhor? Gerar pontos / milhas ou ganhar cashback? Uma dúvida muito comum e que muitas pessoas tem, aqui vamos mostrar as vantagens de cada um e passar uma breve orientação do que pode ser melhor para você.

É importante informar que não existe uma resposta definitiva sobre quem é melhor, entre milhas e cashback, o que determina isto é o perfil de cada pessoa e sua necessidade de consumo.

CASHBACK

Quando abordamos cashback, a intenção principal é fazer com que a monetização do usuário ocorra de forma rápida e eficaz. O principal objetivo é permitir que o cliente consiga reembolsar parte do valor gasto na compra.

Assim, basicamente o método devolve parte do valor gasto, onde as empresas fazem com que este valor fique disponível como um crédito, estimulando compras futuras com a mesma empresa. Lembrando que há empresas que depositam o crédito na conta corrente do usuário, sempre importante consultar antes conforme as regras da organização.

O cashback é voltado para pessoas que não viajam muito ou até mesmo não possuem uma frequência de gasto no cartão de crédito, geralmente sendo a melhor opção. 

Um dos pontos altos do sistema cashback é justamente ter um valor onde vai utilizar para novas compras, pagar contas com parte do valor ou até mesmo transferir para conta corrente. Você consegue direcionar uma quantia para onde acha mais interessante, isto pode variar mensalmente onde você vai escolher de acordo com sua preferência e estilo de vida naquele momento.

Uma das principais desvantagens, é que os valores que ficam disponíveis nem sempre podemos transferir para onde queremos. Outra desvantagem é que nem sempre esta opção mostrará os melhores descontos ao consumidor.

MILHAS

De forma geral, milhas é mais interessante para quem deseja comprar passagens, alugar carros e quartos de hotéis ou vender e receber pelos pontos. Ou seja, para o consumidor que faz bastante viagens e compras com frequência no cartão de crédito vale bastante a pena.

Para quem gera bastante milhas no cartão é de suma importância ficar de olho nas promoções e bonificações que os programas disponibilizam em épocas do ano. Por exemplo: se no período de final de ano a companhia X está notificando em 80% a cada 100 mil pontos transferidos, desta maneira ao realizar o procedimento nesta mesma época do ano chegará a 180 mil por causa da bonificação.

Uma das desvantagens das milhas é que necessariamente seu cartão de crédito irá cobrar alguma anuidade, mesmo colocando na ponta do lápis e sendo mais vantajoso pagar a anuidade para gerar milhas, este fator é um dos principais motivos para pessoas não terem cartões de crédito. Entretanto, alguns bancos estipulam um limite para isenção da anuidade ou um desconto parcial ou total da cobrança.

ENTÃO, QUAL ESCOLHER?

Uma coisa importante de se falar é que os programas de milhas ou os programas e cartões de geram cashback não são inimigos mortais. Na verdade ambos os sistemas convivem bem juntos, a Livelo criou o programa de cashback após perceber uma demanda do mercado, alcançando pessoas que não tinham faturas altas de cartões a ponto de permitir um acúmulo de pontos confortável. 

Como vimos no conteúdo acima, o principal fator para escolher qual o melhor é muito pessoal, devendo levar em conta a política de gastos de cada usuário. 

Se você possui um cartão de crédito – que mesmo com uma anuidade mais alta – gera uma bonificação de milhas e está acostumado a fazer bastante viagens ou compras com o cartão é muito provável que milhas seja melhor. De maneira geral, milhas são melhores por causa das vendas e outras formas de utilizar o valor disponibilizado, virando uma espécie de investimento.

Agora, se você possui um teto de gastos na média de R$1.500,00 e não costuma viajar frequentemente, a opção de cashback pode ser a mais interessante, já que o retorno dos valores são de outras maneiras e podem ajudar metas e objetivos financeiros. A Compro Milhas é uma das poucas empresas que fazem compras de alguns pontos com sistema de cashback, sendo algo muito útil para quem tem tal funcionalidade e quase que suprindo uma das principais desvantagens do sistema.

Independente se você é do “time milhas” ou do “time cashback” é importante definir e aproveitar algum dos sistemas, hoje em dia são tratados como investimentos e com o mundo globalizado as pessoas aprendem mais diariamente como podem se beneficiar com suas compras pessoais. Participe de grupos, pesquise no google, acesse diversos blogs e fique a par do que acontece do ramo de Milhas & Investimentos, com pouco tempo investido terá retorno para seu bolso.


%d blogueiros gostam disto: